TAGS SETÚBAL - FOTOS SETÚBAL - ICONES SETÚBAL - MAPAS SETÚBAL - ONTEM



    COMANDANTE S LINHARES (Praceta)   detalhes detalhes detalhes detalhes Imprimir ampliar mapa detalhes detalhes

Copyright © 2012 - Roteiro de Setbal - www.roteiro.jmobp.com

   COMANDANTE S LINHARES (Praceta)  

Quem foi ? / O que aconteceu ?
  • COMANDANTE S LINHARES
    Militar e Poltico
    (14-10-1897) (02-04-1974)

    Lus de Arriaga de S Linhares, nasceu na Horta (Ilha do Faial) e faleceu em Lisboa. Oficial da Armada. Alistou-se a 31 de Outubro de 1917, tendo passado a Aspirante dois anos depois (31-10-1919).
    Em 1922, ascendeu ao posto de Guarda-Marinha (24-03-1922) e no ano seguinte foi promovido a 2 Tenente, com a concluso do Curso Elementar da Escola de Guerra (24-09-1923). No ano de 1927, S Linhares passou a 1 Tenente (24-07-1927). No exerccio desse posto foi Comandante interino da canhoneira Limppo (1928), Comandante da canhoneira Quanza (1929) e Chefe da 3 Seco da Repartio do Pessoal (1930).
    Entre 1931 e 1932, pertenceu Marinha privativa das Colnias e exerceu o cargo de Delegado Martimo do Mormugo. No binio seguinte, chefiou os Servios da Marinha de Estado da ndia e foi Capito do Porto de Mormugo (1933-1935). Seguidamente, ocupou os postos de Capito dos Portos da ndia (1936), Chefe dos Servios da Marinha (1937) e Comandante do torpedeiro Sado (1938).
    A 16 de Junho de 1939, S Linhares atingiu a patente de Capito-Tenente, passando a Capito do Porto de Setbal, funo que exerceu at 1944. No ano seguinte passou a Comandante do aviso de 2 Classe Pedro Nunes (1945).
    Em 1946, S Linhares, foi promovido a Capito-de-Fragata (15-04-1946), ocupando o cargo de Adjunto da Intendncia da Marinha do Alfeite. Assumiu o comando da fragata Nuno Tristo (1952). A 31 de Julho de 1953, S Linhares ascendeu ao posto de Capito-de-Mar-e-Guerra e passou a Director das Pescarias, funo que desempenhou durante trs anos (1953-1956).
    Em 1957, passou reserva (14-10-1957), sendo nomeado Vogal das Comisses Central de Pescarias e Nacional do Noroeste do Atlntico at 1966. S Linhares foi reformado a 14 de Outubro de 1967.
    A par da vida militar, S Linhares desempenhou algumas funes civis. Assim, foi Presidente das Cmaras Municipais de Mormugo, na ndia (1933-1935) e da Casa dos Pescadores de Setbal e foi tambm Delegado dos Servios de Censura nesse Distrito (1939-1944). Desempenhou funes de Presidente da Cmara Municipal de Almada (1947-1951). Exerceu os cargos de Adjunto da Delegao do Governo junto dos Grmios dos Armadores da Pesca da Sardinha.
    S Linhares iniciou a sua carreira poltica ao ser eleito, pela primeira vez, Deputado Assembleia Nacional na III Legislatura do estado Novo (1942-1945). Foi reeleito em 1953, em 1957, em 1961 e em 1965, sempre pelo crculo n 21 da Horta. Em todas estas Legislaturas foi Vogal da Comisso de Defesa Nacional.
    Na sua longa estada no hemiciclo, S Linhares tomou a palavra algumas discusses de carcter nacional, mas em regra, as suas intervenes centraram-se em problemas do seu crculo eleitoral.
    Como corolrio da sua carreira militar e poltica, S Linhares foi condecorado com as Medalhas Militares de Prata Comemorativas das Campanhas do Exrcito Portugus 1916-1917-1918, da Classe de Comportamento Exemplar e de Socorros a Nufragos, de Filantropia e Caridade. Recebeu tambm a Medalha da Vitria, a Medalha de Prata de Socorros a Nufragos, de Coragem Abnegao e Humanidade, de Servios Distintos e de Mrito Naval de Espanha. Alm disso, foi agraciado com os ttulos de Oficial, Grande Oficial e Comendador da Ordem Militar de So Bento de Avis.

    O seu nome faz parte da Toponmia de: Setbal.

    Fonte: Dicionrio Biogrfico Parlamentar, 1935-1974, (Volume I de A-L), Direco de Manuel Braga da Cruz e Antnio Costa Pinto, Coleco Parlamento, Pg. 834).

    Por: Manuel Lopes
    https://ruascomhistoria.wordpress.com/